Clique para ENTRAR EM CONTATO

SIGA AUTOPRIME

Mulher com a imagem de desespero ao volante

IPVA atrasado: o que fazer?

Compartilhe

Veja como regularizar o imposto em atraso e voltar a dirigir com segurança! 

 

Sexta-feira que vem (29/01) é a data limite para que os proprietários de veículos com os finais de placa 1 e 2 paguem a primeira parcela do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). 

 

O  atraso no pagamento do imposto pode gerar uma série de transtornos. Além das taxas extras, o carro em condições irregulares pode ser aprendido, acarretando a mais custos e uma dor de cabeça bem grande para o proprietário.

 

Está com IPVA atrasado? Confira o que fazer e como regularizar o veículo com o imposto vencido.

 

Como pagar o IPVA atrasado

 

Se você tem alguma pendência, para regularizar o IPVA atrasado é fácil. Você deve entrar no site do Detran da Secretaria da Fazenda do seu estado, inserir a placa do veículo e o RENAVAM no site. 

 

Feito isso, você deve emitir a Guia para Regularização de Débitos (GRD), documento com todos os valores atualizados, e escolher a forma de pagamento. Em seguida, você pode escolher entre quitar o valor integralmente ou parcelado, com acréscimo de juros. Todos os pagamentos podem ser realizados em agências bancárias, postos de atendimento da Secretaria da Fazenda ou em casas lotéricas.

 

Até quando posso dirigir com o IPVA atrasado?

 

É permitido que o motorista dirija com o IPVA atrasado somente até a data do próximo licenciamento do veículo. Depois deste período, o licenciamento será bloqueado e o carro não deve mais rodar, até  que seja regularizado. 


 

Multas e juros do IPVA

 

É cobrada uma taxa para cada dia de atraso no pagamento, esse valor varia de acordo com cada estado. De acordo com o site da Secretaria da Fazenda e Planejamento, a multa diária é de 0,33% até o limite de 20% sobre o valor  do imposto e incidência de juros equivalentes à taxa SELIC, de no mínimo 1% ao mês, incidente sobre o valor do imposto acrescido da multa. No caso de inscrição em dívida ativa a multa será de 40% do valor do imposto.

 

O veículo pode ser apreendido por falta de pagamento do IPVA?

 

A apreensão do veículo por IPVA atrasado, pode acontecer devido a condução do veículo sem o licenciamento, conforme prevê o código de trânsito brasileiro -  Art. 230. Neste caso, deve-se regularizar a documentação e comparecer ao órgão responsável, portando uma via original e uma cópia do certificado do registro de licenciamento do veículo atualizado e o RG.   

 

O que devo fazer para recuperar o veículo apreendido? 

 

Primeiramente, você deve quitar o seu IPVA e regularizar o licenciamento do veículo. Os custos pela remoção do carro, que podem não ser tão baratos assim, também serão cobrados do proprietário. Em São Paulo, por exemplo, a taxa de guincho é de R $673. Além disso, será cobrada a diária do pátio em que o veículo está retido. 

 

Depois de quitar todas as taxas, você deve comparecer ao pátio como todos os documentos para a retirada do veículo que, segundo o site do Detran de São Paulo, são: 

 

  • Documento do proprietário, original e com foto.

  • Comprovante de recolhimento ou Remoção (CRR) - digitalizado do original.

  • Comprovante de pagamento de débitos (multas, impostos e encargos pendentes) - digitalizado do original.

  • Comprovante de pagamento das taxas de liberação ou estadia diária - digitalizado do original.

 

Se você estiver com IPVA atrasado é possível regularizar e voltar a conduzir o seu veículo normalmente. No entanto, é sempre bom evitar a dor de cabeça, né?

 

Por isso, mantenha os impostos e documentos em dia e fique de olho no nosso Blog e redes sociais para não perder nenhuma dica.

 

SIGA AUTOPRIME


Agende seu

Test-drive

E aguarde contato para confirmação!

Olá .

Sua Mensagem foi recebida com sucesso!

Em breve entraremos em contato